• Equipe SysAdmin

O que você precisa saber antes de comprar um MacBook usado

Atualizado: Mar 26

Todo mundo sabe que o MacBook é um ótimo computador reconhecido não só por qualidade como também por durabilidade, entretanto, seu custo é muito alto em relação às demais marcas, principalmente se ele for novo.


É exatamente por isso, que muita gente opta por comprar um modelo mais antigo e usado para ter os mesmos benefícios por um preço mais acessível. Um MacBook Pro de 2015, por exemplo, pode ser encontrado por preços entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, enquanto o modelo mais recente está à venda por preços a partir de R$ 11 mil no site oficial da loja.


Entretanto, antes de comprar um MacBook usado é preciso tomar uma série de cuidados evitar para cair em um golpe. Confira:


1- Verifique se há danos físicos


Avaliar as condições físicas do produto é o primeiro passo antes de investir no laptop. Peça fotos e vídeos ao vendedor de preferência na hora e agende uma avaliação do produto pessoalmente para testar a conectividade de portas USB e de carregamento de energia bem como o funcionamento do teclado, do trackpad e a preservação da tela.


Além disso, verifique se há riscos, rachaduras ou se há amassados. Os danos físicos desvalorizam a revenda e caso tenham sinais de queda, podem esconder danos internos irreversíveis, dependendo do acidente.


2- Descubra o ano de fabricação e quando foi comprado


Essa informação irá ajudar a identificar o possível tempo de uso da máquina e o restante de sua vida útil em que para de receber atualizações, bem como ajuda saber se a garantia ainda vale.


O site da Apple reúne uma lista com todos os produtos elegíveis ao recall - ou Programas de extensão de reparo e troca, como a Apple chama - e você pode acessá-la clicando aqui. O recall vai ajudar a identificar problemas de fábrica ou vícios já são conhecidos através dos fóruns e caso o recall esteja disponível para o aparelho, é possível fazer a manutenção em uma loja da Apple ou autorizada mais próxima para que o reparo seja feito com suporte oficial, peças originais e sem custos.


A data pode ser conferida no sistema, por meio do menu “Sobre este Mac”, ou na Internet, por meio do número de série.


A data de compra pode ser consultada no documento fiscal emitido pela loja, seja na Apple ou em uma revendedora terceirizada. É só informar o número de série na página de suporte (https://checkcoverage.apple.com/br/pt)


3- Ciclos da bateria


A contagem dos ciclos de bateria é um dos dados que melhor indicam o estado de conservação de um MacBook, isso porque mostra exatamente a expectativa de vida útil da bateria.


Para melhor desempenho, a Apple recomenda a substituição da bateria quando ela atingir a contagem máxima de ciclos, que é em torno de 1.000 ciclos. Você pode consultar aqui o modelo do MacBook que você está interessado e qual é a capacidade limite de contagem de seu ciclo de bateria.


Depois, peça ao vendedor para que o mesmo diga a você qual é o ciclo atual da bateria do Mac que você quer comprar.


Para isso, ele precisará abrir o aplicativo Informações do Sistema, que vem instalado no macOS, clicar em "Alimentação" e, depois, olhar a numeração que aparece em "Contagem de Ciclo" (imagem abaixo). Considere pedir um desconto pelo produto caso a capacidade máxima tenha sido excedida, ou coloque em seu orçamento o custo para substituição da bateria do seu próximo MacBook em curto prazo.


4- Versão do macOS


O sistema operacional também é outro fator a ser observado. Atualmente, MacBooks selecionados lançados a partir de 2012 podem ser atualizados para a mais recente versão do sistema da Apple, o 10.15 Catalina. No próximo ano, ou seja, em 2020, os Macs de 2013, por exemplo, devem começar a perder compatibilidade com a próxima versão do macOS, e assim sucessivamente. A versão do macOS pode ser consultada no menu “Sobre este Mac”.


A atualização do sistema é fundamental para garantir o bom funcionamento do software, corrigindo falhas e garantindo o funcionamento de novas tecnologias da Apple.


5- Inicialize o sistema


Na hora de comprar um produto usado, um dos primeiros testes deve ser ligar o computador e inicializar o sistema por completo, até que seja exibida a área de trabalho. Se o software não iniciar corretamente, significa que pode estar corrompido. É possível tentar reinstalar pela Internet ou por meio de um HD externo para corrigir o problema.


Com esse tipo de teste, também é possível identificar outros problemas na tela. Busque por pixels mortos utilizando uma tela cheia totalmente branca e verifique se há pontos apagados.


Claro que dependendo do tempo de uso, alguns pontos não acendam. Entretanto, é importante atentar-se caso hajam grupos de pontos cegos, pois eles podem indicar algum problema em marcha no display.


6- Verificar teclado e trackpad


Faça a verificação se todas as teclas estão funcionando abrindo um documento e testando tecla por tecla e evite que tenha transtornos em seu dia-a-dia e use o teclado virtual do sistema para ver se teclas modificadoras estão funcionando.


Além disso, o seu trackpad deve funcionar de forma suave, pois a alta qualidade é uma das principais características dos MacBooks.


7- Carregador é original?


Essa questão é também de suma importância, pois as peças paralelas podem danificar o aparelho e assim prejudicar seu funcionamento. Verifique se o cabo traz as inscrições da empresa no acabamento e certifique-se de que não haja emendas e outras gambiarras que podem colocar a bateria e o aparelho todo em risco.


Caso o acessório não esteja em boas condições, o ideal é investir em outro computador, já que um carregador novo na Apple custa entre R$ 349 e R$ 549, dependendo do modelo e que pode acabar encarecendo o produto, colocando na balança o valor e o restante de vida útil.


#Tecnologia #Upgrade #Investimento #MacBook #Apple #Hardware #Software #Atualizações #SysAdmin

79 visualizações

Quem Somos

A SysAdmin Tecnologia é uma empresa de TI que oferece soluções e suporte técnico para empresas no modelo de contrato mensal.

SysAdmin Tecnologia - SP

Av. Nossa Senhora do Ó, 865 - Sala 1511

Limão - São Paulo - SP

(11) 4280-0784

  • Instagram Empresa de TI
  • Facebook Empresa de TI
  • LinkedIn Empresa de TI

©2020 -SysAdmin Tecnologia